Ela escreve, ele fotografa. Os dois, agora juntos num segundo capítulo.

Férias, dia 1: o minúsculo Lichtenstein

As nossas férias de Verão começaram com uma visita a um país muito, muito pequenino e do qual só nos lembramos quando a nossa selecção ganha um jogo de futebol por mais de cinco golos: o Lichtenstein! Eu sabia que era um país minúsculo mas acho que não tinha mesmo a exacta noção do seu tamanho, pelo que ainda fiquei espantada quando o explorámos em alguns minutos. Se querem ter uma ideia, utilizem este site e comparem-no com Portugal, por exemplo. É mesmo absurdamente pequeno!

Ficámos num parque de campismo mesmo sob as montanhas, com uma vista impressionante e sem qualquer ordenamento, onde nos disseram que podíamos montar a tenda onde quiséssemos. Fazia frio à noite e pela manhã mas o Sol fazia brilhar os picos brancos das montanhas. Depois de tudo montado, resolvemos sair e tentar visitar o pequeno país. Não tenho a certeza mas creio que não demorámos mais do que uma hora a percorrê-lo de carro! Subimos mesmo uma estrada de montanha, aparentemente sem saída, onde se aglomeravam estâncias de esqui que, apesar de ser Verão, estavam cheias de gente que quer estar em contacto com a natureza e que faz caminhadas montanha fora. Imagino que nos meses frios a animação daquele sítio deve aumentar exponencialmente, é fácil compreender tanta agitação.

Como costume, a presença portuguesa fez-se sentir, especialmente na capital. Muitas bandeiras portuguesas nas janelas e uma árvore totalmente decorada com elas anunciavam a presença de Portugal neste principado. É natural, já que passavam apenas cinco dias da nossa vitória no Campeonato Europeu e os ânimos estavam com certeza ainda em alta. Achámos piada às matrículas que são atribuídas em função do número de habitantes (presentemente com cerca de 35 mil pessoas).

Foi uma emoção poder pisar este pequeno país mas, tirando isso, a nossa visita não foi propriamente entusiasmante. Foi mais o riscar um país da lista dos visitados e perceber que o Luxemburgo não é, afinal, assim tão pequeno!

Férias, dias 2 e 3: os lagos da Lombardia

Meng Lëtzebuerg #3: o dia nacional é uma festa!